quinta-feira, abril 28, 2005

SOLIDARIEDADE MULTIÉTNICA

Depois de analisar cuidadosamente os posts aqui colocados, tenho a informar o seguinte:

  1. Também eu tenho que me juntar à plebe, diariamente (e cerca de quatro vezes por dia), naquilo a que chamam "transportes públicos", arriscando-me a apanhar a piolhagem lestina, o cheiro a fritos monhé, ou mesmo a gripe asiática;
  2. Não fosse isso suficiente, agora também se põe a cantar dentro da carruagem do Metro, atingindo níveis sonoros que até os cães na Sibéria conseguem detectar;
  3. Houve um indivíduo que foi esfaqueado na Linha de Sintra há uns 3 anos, e foi à SIC na semana passada explicar que quando saiu do comboio, lhe disseram "Tenha calma... ponha aí a mão que isso passa" (nota do autor: segundo ele, esta resposta foi-lhe dada enquanto jazia na plataforma da estação pedindo por ajuda)
  4. Tirando o facto que este Governo ainda não reduziu o preço das propinas, nem aumentou o valor das bolsas, acho que é criticável; além disso... eer... o gajo é gay!
  5. Quanto ao comentário da Sara, aqui vão as minhas ideias:

8 seropositivos: encharcá-los em gasolina e deitar-lhes fogo

8 prostitutas: empreender um Plano Nacional de Saúde para todas, estabelecer o estatuto de "País Indemne de Meretrizes Doentes", e distribuí-las gratuitamente pelo eleitorado masculino

8 toxicodependentes: dar-lhes as seringas usadas pelos elementos do 1º grupo (atrás referido); proceder depois tal como nesse grupo;

... e ainda gostava de acrescentar os Ciganos, para os quais tenho uma ideia inovadora: num lado colocaríamos todos os ciganos do Mundo (onde estariam privados de alimentação durante 39 dias); no outro, todos os pombos do Mundo (também eles estariam privados de alimentação, pelo menos desde o momento em que conseguiram quebrar a casca). Colocávamo-los a todos numa redoma, e no meio estaria um pires com milho. Quem comia o quê? Quem comia quem? Honestamente não interessa, porque a redoma não tinha buracos respiratórios, e o milho estava envenenado. Porém, se isto não resultasse, encharcava-os a todos em gasolina, e esperava que o bico de um ratocompenas fizesse faísca num dente de ouro de um romenosemduche.

4 Comments:

At sexta-feira, abril 29, 2005 11:42:00 da manhã, Blogger Mike escreveu...

É desta forma que se percebe a formacao académica de cada um.Dá para ver que estiveste atento nas aulas de Saúde Pública, na parte de controlo de pragas.
O que vale é que ninguén nos leva a sério, e só pessoal de integridade duvidosa é que alguma vez iria ler artigos publicados num Blog cujo nome é amor no rabo!

 
At sexta-feira, abril 29, 2005 4:04:00 da tarde, Blogger Farináceo escreveu...

concordo contigo. Acho que um blog chamado amor no rabo é sem dúvida o local onde o pessoal vai procurar esclarecer dúvidas sobre saúde pública. E estamos quase a chegar ao ponto de termos aquela nossa discussão sobre pessoal daquela cor e ucranianos aqui ao vivo no blog, o que achas?

 
At segunda-feira, maio 02, 2005 12:34:00 da tarde, Blogger Mike escreveu...

Só concordo se os "pega de empurrao também vierem à baila".
Era só mudar o nome do blog para "souumxenófobohomofóbicodumcamandro.blogspot.com" e ficava tudo em pratos limpos.

 
At segunda-feira, maio 09, 2005 9:47:00 da manhã, Blogger dudu escreveu...

Mesmo no ponto certo. Amor no rabo é para mim e para ti. ratazanisimpenas romanisiducha - habemus carlitus. Parabéns - continua

 

Enviar um comentário

<< Home