domingo, janeiro 15, 2006

A RAZÃO PELA QUAL NÃO VOU VOTAR NESTAS ELEIÇÕES...

...é porque não me deixam.
Segundo a Comissão Nacional de Eleições, o estudante que se encontre a estudar no estrangeiro na altura de uma eleição, desde que se encontre num programa de intercâmbio, poderá votar antecipadamente. Caso contrário, nicles.
Trocando por miúdos: se estudas fora do país, e ainda arcas na totalidade com os custos desse mesmo estudo (pois normalmente os estudantes que vão num programa de intercâmbio - SOCRATES/ERASMUS, por ex. - ainda podem receber uma bolsa que os ajude a abater a conta no final do tempo de estudo), não és elegível para votar. Não fosses passear! Quem é que te manda ir pró estrangeiro, hã? Não encontravas melhor no teu país, ó meu emigra de 3ª categoria?


Clique para visualizar melhor esta troca de galhardetes...


Assim sendo, até gostava que ganhasse o Cavaco nestas eleições, e logo à primeira volta, para que os meus pais (coitaditos) não tivessem que se chatear a ter de ir votar duas vezes. Mas pensando melhor, se ganhasse o Soares, eu se calhar ainda vinha a tempo de votar outra vez nas presidenciais seguintes. Não quero com isto dizer que o Soares já só tem mais 6 meses de vida, mas que aquelas bochechas já estiveram mais roliças, estiveram sim senhor.

Bom, agora mais a sério...
quéquisto mintressa? Pouco. Relevante, só mesmo a afirmação de Teodoro Silva (pai deste senhor), que apesar de poder ser lida na edição n.º 671 da Revista VISÃO, passo agora a citar:

«É preciso ver que o meu filho é um catedrático.
Não é um veterinário qualquer!»

Que cada um tire as suas ilações. Pessoalmente, eu não atingi. Mas eu também não sou um catedrático qualquer.

1 Comments:

At quinta-feira, janeiro 19, 2006 11:23:00 da tarde, Anonymous Inês Pais escreveu...

Sem duvida um comentário muito infeliz do sr. teodoro! O filho n podia mesmo ser boa coisa!!!!

 

Enviar um comentário

<< Home