terça-feira, dezembro 27, 2005

Passou-se o Natal, passou-se a Carmelinda

Olá mãe.
(nenhum blog seria completo se não tivesse um post que começasse desta maneira... acho eu)

Hoje é dia 27. Não é que seja um grande marco na minha vida (eu ter conhecimento do dia em que me encontro), mas quero com isto dizer que o Natal já lá vai. É história. Passado. Foi-se!
Hoje, estamos no limiar de um novo ano. Um ano que se espera sem cocktails molotov, nem katrinas, nem homens na Presidência da República Portuguesa. Infelizmente para todos, tal não ocorrerá.
Isto porque, apesar das minhas 14 assinaturas, o Tribunal Constitucional declarou (ontem) que a candidatura da camarada Carmelinda Pereira (do P.O.U.S.) à Presidência da República não reunia as assinaturas necessárias (7500) para ser válida. Parece que 2200 não lhes chegam, e assim sendo, a camarada tem até o dia de amanhã para resolver as irregularidades da sua candidatura. Isto, companheiros/as, tem um nome: perseguição política! E quanto a isso, urge exclamar BASTA!

A camarada intervindo!

A camarada está mais loira, e até já veste melhor, e no entanto continuam a impedi-la de representar (ao mais alto nível) o povo português. Querem-na enterrar, meus senhores, mas ela está viva, e recomenda-se!
Carmelinda, vai em frente pá!

1 Comments:

At sábado, maio 29, 2010 4:02:00 da manhã, Anonymous Anónimo escreveu...

Just want to say what a great blog you got here!
I've been around for quite a lot of time, but finally decided to show my appreciation of your work!

Thumbs up, and keep it going!

Cheers
Christian, iwspo.net

 

Enviar um comentário

<< Home